terça-feira, 13 de setembro de 2016

Humanamente Insignificante

Fonte da imagem google imagens

Não!  Definitivamente não, não é possivel ser racional pelo outro, é inteligência racionalista é particular.  Por mais que os anos pese sobre os ombros, haverão homens que nada ou quase nada aprenderam nestes anos de estadia na vida, caminham para a morte tão bestial quanto nasceram. São, embora detentores de tempo de vida, se tornam verdadeiros desperdícios de razão animal humana, fazem com o que a vida lhes dá parâmetros de desumanidade pura e arrogância a qual só  cabe ao mais ignóbil dos racionais.

Se os homens se ocupassem mais razão sobre os espelhos de si mesmos e olhassem menos as falhas no alheio, perdessem o seu precioso tempo com vossa razão de ser; estes lhes perceberiam do outro lado do que enchergam em sua perfeição. Mil vezes deverá o homem pensar no defeito alheio em si; do que ter certeza plena de que vê aquilo que não é possuidor; afinal, ninguém é capaz de reconhecer aquilo que não conhece.

E prudente que o homem, aquele pleno de olhos para se ver dentro da sociedade, tenha medo dos dias que passam em sua existência sem nada lhe acrescentar, pois estes,  são: os dias que se formam para aqueles que nascem, crescem, reproduzem a morrem sem deixar saudades,sem ter existido como um ser capaz de usufruir a sua única diferença além dos demais animais; estes tipos de seres humanos que sempre acreditam demais que são e se colocam acima do infinito, realmente são, mas apenas para si mesmos. Se apagam por conta própria. Deixam exemplo do que não ser.

O tempo não perdoa aqueles que não são aptos a raciocinar dentro da lógica social de sobrevivência; e genes primitivos ainda são extremamente visíveis na expressão do comportamento humano. É preciso entender que a razao humana nada mais é que este viver aprendendo a ser racional. Se moldando a cada segundo diante do espelho chamado de razão. O homem nasce incompleto e se forma completo quando morre sábio. A vida desaparece para todos um dia; e para se formar no final do ciclo como: um imbecil a mais que viveu no mundo é fácil, difícil é morrer com um considerável desenvolvimento da razão. Feliz é  aquele que tem a certeza dessa formatura humana; e assim, mata em si todas as aulas no dia a dia que lhe ensina como ser: um Ser Humano inútil, rude, primitivo e crente que foi rei!

Um grande abraço. 
Postar um comentário