quinta-feira, 7 de julho de 2016

Para você que adora a poesia da vida!

Fonte da imagem google.



ADORMECER


Do amor que se tem;
Poucos mortais há de entender.

Está acima de ti mesmo;
E tu o podes compreender.

Tão distante e em ti vem;
Todas as noites adormecer.

Em toda eternidade;
O amor que há de ser.

Tão perto na imensidão;
Não há como não  se ter.

Eterno é o sentimento;
Entre quem sabe viver.




Devido a uma cirurgia que eu farei; nos próximos dias 
estarei ausente, 
notícias minhas serão publicadas e assinadas
 nos meus endereços de twitter  e no Google,
endereços estes que aparecem respectivamente aqui nesta página. 
Até breve.
Um grande abraço a todos.
Luciene Rroques.