segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Vida

Vida

Ah vida, vida que tanto te amo! Num sorriso eterno que me consome, onde escuto os pássaros; e cantam na chuva, caminham nos galhos e eu os namoro!

As flores começam a nascer, e as borboletas chegam até a minha janela. Ah, meus dias, se transformaram em primavera! Dias fabulosos, numa plenitude sem fim.

Felicidade ao olhar a vida, ao ver os frutos brotando perto de mim; são eternos os momentos que vivemos assim. E é assim que vejo o sol nascer dentro de mim!

Ah, vida eterna que brilha em mim, são dias de felicidade que nunca tem fim. E o espelho  ao sorrir para mim: a alma desaba, felicidade que nunca se acaba.

Vida, vida, obrigada querida! Tão querida vida, caminha dentro de mim: o amor sem despedida, o amor que não tem fim.

Vida!


Um grande abraço a todos!