terça-feira, 15 de julho de 2014

Grandezas no homem

fonte da imagem;google
 
 
 
Grandezas no homem
 
 
Os grandes homens, são feitos de pequenas grandezas interiores, ao passo que tais se somam; surge os maiores dentre os maiores homens! E assim, a grandeza de ser um ser humano prevalece entre aqueles que se distinguem dos demais não pela força que possam exercer sobre os outros; mas sim pela força que exercem diariamente sobre si mesmos! Dentro das concepções cotidianas, aceitar as diferenças é parte de uma das maiores grandezas interiores que o homem pode desenvolver. Ao passo que no compasso acerta o passo de ser e ter, prevalece o compreender do todo a sua volta. Não desgasta-se no tempo, nem promove sofrimento o homem que carregue em si o contentamento de existir.
 
Um homem que sabe lidar diariamente com seu pior inimigo é aquele que todos os dias se olha diante do espelho. Não há inimizade pior para um homem que a sua própria intolerância para com as diversidades humanas comportamentais existentes sobre a face da terra. Feliz é o homem que assume quando erra. Racional é aquele que sabe ser humilde quando não precisa. Viver é estar além das montanhas da mente. É ser condolente como brisa. É derrotar as tuas próprias friezas! De nada vale ser grande aos olhos dos outros se dentro de si mesmo não há grandeza alguma. Homens tolos constroem castelos exteriores, homens sábios não se contentam com tão pouco.
 
Certa vez um homem comprou um carro, ali se realizou. Outra feita, comprou milho e fez bela colheita; mais um que se realizou! Tempos mais tarde um outro homem tinha carro e colheita, mas tinha também o pior dos inimigos: aquele que não se enjeita; era ele o próprio inimigo que se peita. Tentou comprar novos carros, mas nem uma concessionária o daria grandeza, nem todas as fazendas do mundo lhe daria suficientes colheitas para ser do tamanho que desejava.
 
Foi assim que percebeu; lhe faltava a maior das grandezas que se pode ter um homem: aceitar-se como o um ser qualquer, amar a grandeza que em si tiver! Felizes são os homens que entendem o que quer. Assim, aceitam diferenças vier, entendem posições, aceitam o que são os outros, sem invejas ou confusões. Sem se aceitar, homem nenhum é capaz de compreender o próximo; muito menos a si mesmo entender! De tal modo tudo sempre será  vazio à aquele que não desenvolve as suas grandezas interiores, não importa o que se tenha, mas sim, o que se deseja de si mesmo. 


https://plus.google.com/u/0/113706621098437482216/posts Meu endereço no Google.
https://twitter.com/LucieneRroques Meu endereço no Twitter.
http://www.lucienerroques.blogspot.com.br/ Meu endereço do Blog.


Um grande abraço a todos!

Postar um comentário