terça-feira, 8 de julho de 2014

Férias, finalmente!





Luz da vida



Para você criei as canções mais lindas!

Escrevi as minhas melhores músicas.

Chorei o meu mais verdadeiro pranto.

Coloquei teu sonho acima de mim.

Sorri o mais doce dos encantos.

Te amo de um modo sem fim.



poesia de M. G. 2008.




 
O meu francês
 
E cala-te ao som da minha voz;
onde para sempre seremos nós.
Em momentos estáticos;
ao mundo estamos sós,
o meu francês, cala-se,
ao tom de tua voz!
E para sempre;
eu, sou
nós!
 
Poesia de Luciene Rroques 2013.
 
Enquanto o homem sonhar com o amor ele estará amando; passou do sonho ele viverá na imaginação do outro, mesmo que longe de sua própria, e se realizará nas invenções de tua criação dentro das mentes alheias. Vivo um dia antes do outro, nunca um dia  após o outro! O homem tolo, compra pronto; o homem sábio, faz o encanto, sem dor nem pranto!
 
Boas férias a todos!
 
As pessoas que deixaram recados anônimos, como são muitos, não vou postar, mas agradeço.
Professor Lívia, sinto muito pelo acontecido ai com vocês! Melhoras são meus votos.
 
Um grande abraço a todos!


Postar um comentário