Frases dos meus textos




Estas frases são minhas e pertencem aos meus livros, e ou, em meus  textos em geral. E são, estas disponibilizadas no meu Twitter. https://twitter.com/LucieneRroques 

 
Nada na vida tem mais valor que o respeito; pois, com ele você constrói impérios e sem ele destrói-se qualquer coisa que construiu.

Dentre os homens existe dois níveis de sabedoria, no primeiro há silêncio e no segundo há desprezo; e em
nenhum deles há ignorância.

Quando a tristeza e a felicidade caminham na mesma direção; não há sol que não brilhe, nem noite que não escureça.

Tem coisas na vida que só o tempo explica; pois as palavras serão sempre insuficientes para esclarecer  os mais belos sentimentos.

Quanto mais a maldade é mostrada, menos os homens se sentem a vontade para fazer o bem, pois a ruindade humana faz muito sucesso entre todos

Não existem pessoas estranhas; o que existe são mapas indecifráveis para quem não possui os códigos da vulnerável existência humana.

Quando estou em silêncio falo com todas as parte de mim, que não falam com ninguém. Num mundo tão perto, e tão distante também!

Quanto mais o homem for capaz de entender a maldade de sua espécie; mais ainda, ele estará pronto para ser bom e gozar livremente da razão.
O impossível é relativo ao esforço; os sonhos são relativos a capacidade de absorção
da realidade; todo sonho é impossível quando não e real.

Os homens capazes de sentir a eternidade podem desfrutar do melhor dos sabores; aquele que não se encontra em nenhum dos sentimentos humanos.

Se eu tiver mil motivos para desistir do meu adorado caminho é bom que saibam, morrerei trilhando sempre o meu caminho, não importa quantos motivos eu tenha que colecionar, sempre chego onde eu quero chegar.

Minhas conquistas me dão um estranho sentimento de paz, onde a melancolia no meu ser é confundida com tristeza, e meus sorrisos com alegria.

O maior presente que um homem pode receber é a liberdade de seu existir, pois todo homem deve ser livre em suas escolhas.

Entender a vida é ter a certeza de que nunca será possível rotula-la, e sim aceitar a visão de tudo o que ela pode ser aos próprios olhos.

O sistema social em si mesmo  não molda o homem, apenas lhe condiciona a inserção ou não dentro do sistema o qual homens moldam.

Só o homem que conhece os seus próprios limites, é inteligente o suficiente para lutar contra seus piores inimigos.

Desde quando entendi o que é a felicidade, me dei o direito de ser infeliz, pois somente os infelizes conseguem sorrir por um bom tempo.

O homem inteligente não é aquele que ignora as tolices alheias nem as ironias em sua direção; é sábio aquele que usa tudo isso a seu favor.

O maior motivo que os homens possuem para ser eles mesmos deveria ser o que realmente é, ou seja, a sua visão egoísta dentro do seu respeito a ser em de si em ti mesmo, e  assim deixar que os outros sejam o que são e não o que os demais almejam!

Quanto maior a indisposição do homem para se aceitar como Ser falho, menos leve em suas atitudes ele será, e mais áspero  o tempo lhe fará.

Quando um homem tiver mil motivos para desistir de um caminho, é hora de encontrar apenas um motivo para continuar sua longa e breve jornada

Todo ser humano capaz de verbalizar somente o necessário, poderá ofender outrem; no entanto deixar de fazê-lo poderá ofender bem mais.
O poeta da minha rua, não escreve mulher nua. O poeta da minha rua, escreve a alma da mulher.
Falar pouco é um grande perigo para quem não quer falar muito; é preciso falar demasiado para pouco dizer. As palavras são como areia, quanto mais delas existem, maior é a praia, mais difíl é ver o ponto central do que foi dito.

O homem não erra quando é desumano, ou é um ser ruim; ele erra na verdade quando acredita que todos são sempre bons e humanos, e nunca ruins.

Os grandes homens, são feitos de pequenas grandezas interiores, ao passo que tais se somam; surge os maiores dentre os maiores homens!

Com as pessoas simples se aprende a virtude do respeito, e com as outras pessoas, se aprende a desvantagem de não ter aprendido o respeito.

É preciso ter um bom motivo para se amar, e poucos o tem!

A liberdade de um homem não se dissipa com a força da prissão de seu exterior; forte é o homem que prende o que no homem não se pode deter!

O silêncio humano diz exatamente o oposto do que se imagina; uma vez que no silêncio o homem é capaz de dominar seus instintos.

Quanto mais difícil for para um homem tomar uma decisão; mais inteligente é a resposta; só quando a decisão não estiver em nenhuma resposta.

Enquanto o homem sonhar com o amor ele estará amando; passou do sonho ele viverá na imaginação do outro, mesmo que longe de sua própria.

O homem que não é endividado com palavras, pode ser livre para ler e escrever o que na sua própria consciência delibera, na razão do ser.

O homem que ama o que não pode ver, torna-se escravo de tudo que vê! O tolo desconhece a sabedoria no labirinto da liberdade, o sábio ama a natureza da qual sabe fazer parte na sua eternidade.

Todo o processo de construção da estima humana, se desenvolve a partir do respeito; pois, sem este, nem mesmo a admiração será viável.

Somente existe um inimigo a altura de um homem, quando ele encontra consigo mesmo; equivalendo dizer o mesmo a despeito do amigo.

Todo conhecimento é entendido quando se busca a realidade de cada um deles. A tradução da realidade se dá quando é verdadeira interior.

Ver o próprio reflexo poderá se tornar complicado quando se julga ser superior e detentor de todo um conhecimento. Humildade é fundamental!

O ser humano que desconhece a si mesmo, não poderá entender o outro; uma vez que as pessoas, são um inteiro; é inaceitável ver só metades.

Só as pequenas bases diárias, são capazes de fazer gigantescas construções; onde estas, são mais importantes, ou seja, no interior do homem.

Todo objetivo só pode ser alcançado ao passo que se entende os reais motivos pelos quais são vislumbrados, ou deixarão de ser objetivos!

A inteligência de um homem equivale a sua sabedoria lapidada; e a sua forma de conduzir a sabedoria condiz a sua inteligência indiscutível.

O ódio é algo gratuito, está presente em qualquer lugar, a admiração tem seu preço, e alguns podem pagar. Já o respeito é ato de conquista.

Os pensamentos são reflexos das validas ponderações interiores, já as ações diárias são exposições do respeito em si para o próximo!

O sábio é aquele que aprende que: sempre terá de aprender, enquanto ensinar. Ele é sensível as palavras tanto quanto ao silenciar das mesmas

 O homem bem sucedido é aquele que conquista a si mesmo, independente de tudo que o já tenha conquistado, é preciso se amar todos os dias!

Se os olhos humanos fossem capazes de ver além do que enxergam, seria fácil entender que respeitar o outro nada mais é que reflexo pessoal.

Analisar o mérito de outra pessoa, só é prudente quando se conhece os próprios méritos; pois isto, irá evita o julgamento do mérito do outro

Mais chance tem de acertar, aquelas pessoas as quais, o medo se transforma em disciplina; gerando prudentes e ponderadas tentativas de acerto

Toda vitória advém de treinamento e concentração, e todos os que perdem são capazes de vencer, pois estão a treinar em cada competição!

Os maiores guerreiros, são aqueles capazes de dominar a si mesmos, e vencer a ignorância em sua existência, promovendo a vitória interior.

A inteligência do homem é um dos requisitos para a sabedoria, no entanto, a sua prudência, em ver além do óbvio, é a verdadeira sabedoria.

Aquele que se espelha nas piores qualidades, percebe o que é feio aos olhos do próximo; mesmo não sendo feio aos teus próprios olhos.

O conhecimento é a excelência e essência do homem; o que este faz com este conhecimento, é o seu respeito próprio!

Todo o objetivo do homem sábio, somente se torna possível quando este parte do domínio de si mesmo.

O grande homem é como um tijolo; é denso forte e ao mesmo tempo leve, porém capaz de construir muralhas com suas mínimas bases: grão d'areia

O homem sábio não cultiva momentos, pois estes se findam assim como começam, porém em todos os seus momentos ele planta a própria eternidade

Não me canso de agradecer a vida pelo fracasso e as dificuldades, pois destes se faz a dedicação e a sabedoria dia após dia.

 Quando se tem dúvidas do alheio, e se busca o mérito das pessoas; deve-se entender que: a pergunta, deverá ser: Quais são os méritos meus ?

Encontra-se o próprio equilíbrio quando se pode perceber não somente o equilíbrio almejado, mas principalmente a falta de equilíbrio real

O homem só poderá entender o que é a humildade quando ele souber pratica-la independente de seus vãos e egoísticos pensamentos vaidosos.

A distância entre um objetivo e um sonho é sutil, pois todo homem capaz de ter objetivos durante a existência, pode realizar grandes sonhos.

A liberdade de pensamento é um direito, o respeito ao próximo é um dever. O adulto livre é a criança que conquista seu próprio espaço!

Uma criança se torna um adulto livre quando está bem informada. E o conhecimento deve ser construído e nunca julgado e condenado correto!

A dor é um indicativo de que algo está acontecendo, pois ela incomoda; tratar a dor é saber suas causas, entender seus verdadeiros motivos!

 Todo objetivo um dia foi um pensamento, e quanto mais nele se pensa, mais dele se aproxima, até chegar o momento em que ele se realiza.

 O homem evolui quando descobre que em cada verdade abstrata existe consequências reais e infinitas; o sábio as busca, já o tolo as ignora.

Deve-se estabelecer as próprias metas para atingir a si mesmo; ou jamais irá se encontrar em teu interior e sempre lhe faltará o principio.

O homem que desentende os labirintos das prisões que ele mesmo cria, acaba por sentir-se injustiçado em relação a aqueles que se libertam.

O tempo entrega a perfeição ao homem; e a humildade para com o tempo dar -lhe-á de presente a sabedoria de que nada seja perfeito ao todo!

Nada no mundo é capaz de fazer grandes homens, porém homens são capazes de se fazerem grandes no mundo todos os dias.

 Mulheres fortes não se oprimam; Mulheres maduras podem ser meninas; A vida é leve a quem lhe estima!

Irá se aprisionar todo aquele homem que não for capaz de descobrir suas próprias verdades.

A fúria d'um homem deve andar ao lado de sua consciência, pois sempre haverá alguém para receber o seu ataque, logo é prudente se olhar antes

O controle que o homem tem de si próprio é a base central que lhe dará direção e luz quanto as suas atitudes no decorrer da existência!

A calma de um homem é a sua própria alma em reflexão profunda; pois a agilidade no rompante da ignorância lapida o ávido imprudente!

Deve-se ser: tempo, espaço e atitude sempre que queira se encontrar no mundo; pois o tempo é aliado da verdade na sabedoria existencial.

 O sentimento mais próximo que o homem pode ter do verdadeiro amor é a própria morte!

O homem que antecipa-se aos problemas e situações tem nas mãos a solução.

 O homem se torna inteligente quando descobre quem é o homem que habita dentro de si; pois neste momento todo o silêncio será uma voz interna

O sábio se faz novas perguntas, após a primeira; e nesta longa cadeia de perguntas, encontra-se a verdadeira solução que é a reflexão!

Tocar a alma é: falar e ter tal expressão como se sentisse o mesmo que o outro. Um poder de sentir-se compreendido e passar a compreensão.

Por todos os dias buscar significado para a própria vida é sinal de ainda se está longe da concepção estar vivo. É preciso sentir a vida!

O pensamento só pode ser ouvido por aquele que carrega consigo a razão, pois sem razão alguma o pensamento se dá durante o silêncio .

O homem que não pondera seus atos no respeito a si mesmo, torna-se um fardo pesado em tudo que toque; torna-se um ser vazio de verdades.

Quanto mais se esforça para alcançar um resultado, maior valor ele terá; pois será a representação do ápice, o exito de todo um processo.

A mais confusa de todas as palavras é o amor; "o usaram para tanto, de tanta forma inadequada", que hoje ele perdeu seu real significado.

O império que o homem pode construir dentro de si é ilimitado; não tem fronteiras; não tem limites; ele é particular e insubstituível!

É ato de sabedoria ser a capa do próprio livros quando se sabe quem é o próprio miolo; ser por fora o que se é por dentro; consciente!

Aceitar o direito do outro respeitando-o está na imposição dos próprios limites, e ainda na aceitação das próprias responsabilidades.

A educação parte do princípio da observação; o descuido e a pressa podem ser fontes de ação desagradável; praticar educação exige tempo!

 Observar as pessoas a volta consiste principalmente em olhar para si primeiro, pois torna-se infrutífera a busca apenas de qualidades.

Homens se destroem e mudanças no clima comportamental humano, trarão tempestades avassaladoras em pouco tempo! ( Parece normal, mas não é!)

Ser verdadeiro com os outros não é fácil ; em mundo humano quem não for falso e hipócrita é no mínimo louco; porém vale a pena a verdade!

Entender o outro não consiste em buscar as respostas naquilo que se vê, e sim em ter as certezas de tudo aquilo que nem precisa ver ou ouvir

Deve-se ajudar quando não se necessita receber nada em troca; sendo o contrario, faz bem aquele que ajuda sem atrapalhar o próximo!

Aquele que vê qualidade nos outros é simplesmente por tê-las; pois quem não é capaz de ver as qualidades alheias é por não conhecer.

Quanto mais a vida se torna útil ao indivíduo, menos tempo terá para se sentir inútil; a idade é conveniência do corpo e não da mente!

 Ocupar-se da vida alheia é deixar a própria vida a mercê da falta de prudentes observações de teus próprios atos; ocupe-se de si, sempre!

O homem está entre o limite do que desconhece e o que pode se deixar conhecer, o conhecimento é polo oposto à aquele que deixa-se conhecer.

Contra fatos verdadeiros, não há argumentos implacáveis. A fé existe,(efeito placebo) um abstrato comprovado e sem dúvidas remanescentes.

A ignorância com o próximo nada mais é que a falta de conhecimento das razões alheias; julgar é: ater-se primeiro aos próprios atos.

Sonhar com sentimentos é abstrair-se duas vezes; ser realista aos acontecimentos é observar a própria vida e brilhar na própria história.

A mente humana possui uma complexa teia de ideias, dentro destas estão as decisões voláteis e as definitivas; é preciso a cautela para ambas

A reflexão profunda, realística, e diária é uma das principais fontes de sábias decisões.

O aprendizado do respeito não se dá apenas pela observação, e sim pela pratica constante de estabelecer os seus próprios limites, é treino!

O ser humano que tem luz própria entende qualquer caminho e brilha em qualquer direção, pois sempre saberá os seus verdadeiros caminhos.

Não estar preparado para ouvir uma verdade acontece quando não se observa os detalhes mínimos dos próprios atos; todo homem responde por si.

O medo do desconhecido é umas das principais fonte de alimento do conhecimento, pois o medo traz prudência e curiosidade e dúvidas.

Nem sempre se está preparado para ouvir o outro sem subjulgar a sua própria natureza, é prudente ouvir; escutando com muita cautela.

Por vezes o mestre distribui o conhecimento da forma mais dolorida e por vezes isso é chamado de desprezo e de dor, porém é só conhecimento.

 Quando o homem deixa de ser sínico consigo mesmo, passa a valorizar os menores detalhes; e torna-se capaz de refletir sobre a felicidade!

 O ser humano por si apenas não compreende a importância dos outros; até se ver no próximo, pois depois disto surge o respeito por este.

Quando não se pode refazer os erros, o mais certo é valorizar ao máximo os acertos futuros; pois a falha é apenas o despreparo insistente.

O respeito pelo ser humano só chega a incomodar aquele que for incapaz de respeitar a si mesmo, pois para os demais é bem natural e coerente

Somente quando os meus olhos não puder olhar dentro de mim mesma as minhas mãos deixaram de escrever.

Muito fácil é convencer as pessoas, difícil é ensina-las o porque do que foram convencidas; a vida não evolui, já a alma sempre!

A paz interior é comprável; mas a moeda corrente para tal compra é a sabedoria, somada ao respeito e as atitudes pessoais.

A idade da pessoa realmente humana, não condiz com seu corpo; uma vez que se tornar humano é estilo de vida, e não anos na vida acumulados.

Quanto maior se sente o homem, mais ele vangloriai a si mesmo; quanto maior ele é realmente, menos sente a necessidade de se auto elogiar.

O humano é a terça parte da natureza; e a vida, é a mais bela dentre todas as charadas.

Quanto mais se é intolerante com o próximo, mais perto se está da ignorância do autoconhecimento; mais longe se torna a paz interior.

O futuro não deve ser visto a distância, mas sim como o próximo passo a ser dado todos os dias, ou se viverá a espera de um futuro melhor.

O ser humano se torna o pior dos seres: quando o seu raciocínio não entender o que qualquer animal entende; a proteção do menor, da criança.

 Mãe, quem ainda a tem sente a ilusão de ser eterna a sua presença; para quem não tem fica a certeza de ser um ser eterno, mãe a fonte Divina

Inclusão Social, diferentemente igual é ver o mundo racional. Valorizar a vida sempre!

Quando o sentido para o desrespeito se torna maior que a si mesmo, perde-se o único sentido: a própria existência; pois iguala-se ao outro.

 A vida tem diferente aroma quando as mãos se impregnam com o cheiro da rosas doadas. Aquilo que fizeres a outros o cheiro lhe terá!

 O sentido primitivo do respeito é apenas a sobrevivência; o respeito gera a leveza da vida; infeliz daquele que desrespeita a tua própria.

Ser grande é ser bem pequeno ao se achar grande demais; a intensidade do que se é; é a base para o próprio altar e não o teto da vida.

Havia um homem que: maltratava as pessoas, ele era o maioral; mandava em todos, mas era só isso; após anos ninguém nunca mais ouviu seu nome.

As melhores árvores não fazem sombra para si, porém as folhas lhe alimentam a sede pela vida.

Seja um ser racional. Crie animais com responsabilidade.

O complemento do sábio não é o que ele aprende a cada dia que passa, mas sim tudo aquilo que ele usa diariamente do todo que aprendeu.

O esforço é reflexo da insistência sem desistir jamais.

O pagamento maior de qualquer ato produzido nunca deverá ser o financeiro, mas aquele que despertará eterna gratidão em seu merecedor.

Fazer o certo não é fácil; porém respeitar a vida em seus mais variados modos é fazer parte de seleto grupo certo é ser racional.

E quando não puder respeitar ao seu semelhante, respeite a si mesmo agindo de forma racional; pois todo ser humano é dotado de "razão".

A insistência na arrogância é a maior porta para se adentrar nas profundezas da ignorância.

O compromisso em ser verdadeiro pode dar ao individuo poucos amigos, porém menos ainda lhe trará amigos falsos; a verdade arde aos cegos!

 Agradecer não é ato de educação apenas; mas um privilegio da resposta ao investimento próprio; ato em determinada situação. É para si mesmo.

 A remediação de um problema nada mais é que o fracasso pessoal em soluciona-lo, nada deve ser remediado!

O mundo não acaba, nunca acabou! Por isso ainda aqui se está; porém é justo dizer: homens destroem-se dentro do mundo, acabando consigo!

O mundo estará a se findar toda vez que seres humanos se desumanizarem uns para com os outros, abusando da causa própria.

Um bom mestre não ensina tudo; mas aprende com cada ato ao ensinar.

O sábio deixa-se entender; o arrogante impõe-se no limite de outrem.

Quando aos próprios olhos se torna mais falho, mas imperfeito; dá-se um grande passo para largas,grandiosas correções humanas pertinentes.

Aquele que para de procurar defeitos nos outros tornar-se-á hábil para encontrar os próprios defeitos.

Quando não se pode caminhar pela vida por extravagantes anos é prudente não se perder tempo à se entender, pois assim tornar-se-á melhor!

Quando a capacidade de se tornar mais suave com os outros se torna um objetivo, tonar-se-á mais leve consigo próprio, refletindo o sociável.

A maior das forças está além do que pode ser visto ou ouvido, a maior de todas as forças está no ato de dominar a si mesmo no domínio total!

A própria vida se torna leve quando se é capaz de entender o peso que se causa a outrem

Quando a vontade de ser melhor está além das subjetividades narcisos da vida cotidiana, encontra-se os defeitos próprios e não os alheios.

A importância que se tem não é dada por si mesmo; mas pelo quanto se importa com os outros.

Subjulgar os possíveis entendimentos da vida é tornar-se ignorante de si mesmo e para com os outros.

A verdade em todas as coisas é como uma faca, tão afiada, capaz de decepar a cabeça de quem pretender usa-la sem conhecer a própria verdade!

Quando há algo que leva-se para onde se deve ir, e outro porem, indique onde se queira ir; cabe a ponderação das consequências mútuas.

Ver a vida como um predador é algo fácil. Difícil é ter dó da presa; e entende-la como humano também; quando isto acontece ganha-se todos!

A verdade é um prato que se come frio, pois a vida é algo além dos olhos; é bem mais que o respeito ao outro no reflexo de si mesmo.


Yin yang:a dualidade da vida é metafísica, e os complementos de um todo somam-se ao passo que a busca entende o princípio da verdade em tudo

A paciência é o mais difícil tipo de conhecimento a ser alcançado, porém necessário para colher o fruto maduro e repleto de novas sementes.

Quando não se é capaz de entender a profundidade de ser, tornar-se-a cego em ver detalhes; a vida é obvia, mas escura à mentes preguiçosas.

O homem é o animal mais capacitado para usar a razão, porem quase nunca a interpretar na forma real, posto que humanos preferem abstrações.

NA VIDA HÁ DESIGUALDADE DE PENSAMENTOS, E O RESPEITO AS IDEIAS É FUNDAMENTAL.

 A tristeza e o sofrimento produzem amarguras, já a observação real, produz frutos eternos. Ser feliz não é acaso, mas sim aceitação real.

A sabedoria não é sinônimo de sofrimento, nem tão pouco de tristeza, nem mesmo de decepções, mas fruto constante de reais observações.

A vida pode ser bela se entender o feio for capaz quem lhe observe o todo. Tudo tem complemento, ou nunca se torna o todo!

Ouvir subtrai o ato de dizer; pois aquele que sempre ouve, mesmo ao dizer termina por ser um ouvinte sempre.

Quando não se tem a certeza do certo, o correto parece errado, no entanto, errar não é humano mas opção para justificar o não acerto.

O pior dos problemas humanos é o egoísmo da certeza, pois este busca sempre o certo apenas para si mesmo; esquecendo-se de outros tão certos

Querer fazer o certo não é o caminho único para fazer; porém deve-se entender no respeito a formula ideal para agir correto.

A realidade não chega a ser dura, muito menos cruel; apenas mais fácil é: não aceita -lá.

O homem sábio entende e sabe que não entende, já o tolo busca sempre as mesmas respostas, pois jamais entenderá as simplicidades da vida!

 Ao aprender o significado da perfeição, se descobre em meio ao mundo real as falsas verdades, pois o perfeito é apenas ficção particular.

Desfrutar do sabor da humildade é o verdadeiro sentido da busca por glórias.

O dia que tudo já houver sido escrito, perco o sentido da vida e recluso em vagas lembranças da realidade reescrevendo verdades.

O mistério entre a sabedoria e a ignorância está dentro da ilusão da leitura de mundo, restando ao leitor só o se decifrar.

A vida pode ser muito mais; quando não se importa em ser igual a tantos, pois sempre haverá desiguais.

Buscar perfeição nos outros é assumir a falta de perfeição em si mesmo; pois quanto menos se busca o alheio mais se tem qualidades próprias.

A vida deve ser mais que as palavras. Falar menos, ouvir mais. Deve ser a vida: ações, em profundos pensamentos.

Somos metades de um inteiro inacabado, somos o gozar de uma virtude inexistente; somos humanos!

A maior paranoia humana é acreditar na perfeição da própria espécie! Luciene Rroques

A pior das ignorâncias é acreditar que se sabe tudo. Luciene Rroques

A fragilidade humana é a soma da insegurança com restos de incerteza; lutar por objetivos comuns é a soma de forças independentes.

A razão humana jamais é repleta de sabedoria, posto que aos seres humanos resta o egoísmo por ser capaz de raciocinar e expor pensamentos.

A vida é um simples abstrato, mal compreendido; sem precisar ser explicado.

Entender a si mesmo, não é um mistério; basta apenas que se olhe além do espelho em cada manhã, assim os humanos se destacam dos demais!

Odiar outrem é falta de razão, posto que se seja racionais, os humanos; odiar equivale a ignorância no instinto de sobrevivência.

A diferença entre os seres humanos, não está no estereótipos, isto é caractere secundário; a maior diferença, se faz nos valores internos.

A arrogância humana gera guerra entre as pessoas, e muitos pagam com a própria vida; mulheres foram queimadas vivas! Dia 8, Parabéns a elas!

O inter-relacionamento humano que não está fadado ao respeito mútuo, torna-se o despropósito das palavras soltas e infrutíferas.

A grandeza do que se é, não está na importância que se tem dentro do mundo, mas nas formas que com este se importa; o grandioso é simples.

A sabedoria da alma humana, vem do próprio respeito interior. O que se é; é o que observa-se em outros.

A falta de conduta do próprio "EU interior", acarreta na decadente, desconexa capacidade de avaliar o mundo a sua própria volta.

Aquele que fala em desfavor de outrem condena a si próprio em teus atos. Continue a leitura

Não se aprende, nem mesmo se ensina tudo, mas pode-se não ser covarde, a ponto de nunca aprender o óbvio.

O homem se torna inteligente quando descobre o real significado do silêncio.

Entender que durante toda uma vida, só respeitamos a nós mesmos; é sermos capazes de entender a soberania do amor próprio no respeito mutuo.

Quando escrevo, não procuro falar o óbvio, cada palavra é uma história, pois procuro o átomo composto por nanós; dentro da humana espécie.

Nos tornamos diferentes quando somos capazes de entender a nós mesmo; assim criticamos menos, pois sabemos que podemos ser iguais ou não!

A alma tem o gosto do prazer: quando se aprende a degustar o melhor de si mesmo; cada palavra torna-se a própria refeição; se come a alma...

Amor próprio de animais humanos, move o mundo, tornando estes a espécie egoísta capaz de destruir a si próprios pelo excesso de egocentrismo.

A incapacidade de acreditar em si, leva a derrota daquele que nunca tenta; desistir só é digno depois de não conseguir o objetivo proposto.


A soma do pensamento que se tem a tudo: que se recusa pensar, é a base do problema que se cria quando detesta-se algo; conhecer é o caminho!

 A base do que se sonha é o encalço do que não se vê; acreditar na vida é entender a si mesmo em próprias razões.

Falar a verdade é insociável, pois a espécie humana busca a perfeição até onde o imperfeito é o real; prefere-se a ficção paranoica do ideal.

Amor é a morte, não tem morte que o mate em qualquer besteira. Amor não é sorte, é só um passaporte de vidas faceiras.

Os humanos quando desentendem o respeito pela vida, cria as paranoias urbanas, esculpem o medo em infelicidades sociais globais.

Se aceitar, entendendo-se como um animal, é o primeiro passo para entender a existência da razão e do respeito humano a vida.

A única certeza do corpo é a morte natural. Essa é tão certa que chega e fica para sempre, sem volta naturalmente; por isto é incontestável.

Se o ser humano fosse menos egoísta, todos seriam bem mais perfeitos aos olhos do outro, mas só elogiamos espelhos; internos ou externos.

A vida seria confundida com doce se fosse a fantasia que se cria, entretanto, se tornaria viável, apenas se em tudo houvesse respeito real.

A sabedoria não está em longo tempo; mas no uso do próprio tempo, nos dias em que se pode respirar em paz consigo mesmo todo o pensamento.

Agradecer é privilegio tenho certeza disto; e só tenho a agradecer. Um grande abraço e até mais!

Os anos são como paisagens; mudam apenas de ângulo; na contagem humana dos dias que se viveu.

Os anos são como paisagens; mudam apenas de ângulo; na contagem humana dos dias que se viveu.

A mente de nada vale se não guardada em livros. Um excelente final de ano a todos vocês .AGRADEÇO A TODOS. Um grande abraço.LUCIENE RROQUES.

Pensar nos próprios e medíocres problemas leva ao desespero; já a reflexão do que se observa, direciona o endividou a solução de uma vida.


A razão humana é mera convenção de vocábulos, criamos, curamos, matamos e morremos sempre em nós mesmo as palavras.

A certeza das incertezas humanas, pode levar a sabedoria onde - o certo consiste no ápice apenas do observador e não nos atos humanos em si.

A sociedade paranoica de si mesmo, recria-se em metáforas e cria o sistema onde: o homem se torna centro da vitória no fracasso existencial.

Entender a diferença na igualdade em que todos existem, é ser capaz de posicionar-se perante fatos de forma neutra ou justa.

A inconsistência das certezas humanas, leva ao falido sistema social atual, onde a mente já não comanda os braços e o mundo se torna confuso

Observar as falhas alheias em si próprio jamais desprezando o fato de todos ser sempre um animal humano ou seja falho; auxilia se entender.

A maior confusão mental humana é acreditar nas verdades criadas pelos próprios mortais; a sociedade: é o reflexo do subconsciente paranoico.

A capacidade que se tem em julgar-se, é proporcional ao princípio ético de julgar atos não condizentes aos próprios, tornado-se sociável.

A capacidade que temos de convivência humana, relaciona-se a capacidade individual de respeitar a vida no todo, somos insociáveis, ou não!

O Ser Humano por ser irracional sempre; inventa a razão na tentativa de justificar as próprias falhas, pois assim, ele pode: perder a razão!

A competência do que se faz, não é o reflexo do ser, nem mesmo a capacidade bem desenvolvida; mas sim as buscas que se faz ao longo da vida!

O esforço próprio é lento, doloroso, infinito, cansativo, exaustivo; no entanto, todo ser humano é capaz de se compreender dentro do óbvio.

A maior sabedoria humana é ativada quando o pensante em si, conclui as incertezas da vida; neste aspecto define-se que tudo em nada se sabe.

A agressividade humana é reflexo de distúrbios sociais. O conhecimento da "insociabilidade" resulta em um ser humano passível de se conviver

Durante toda uma vida podemos respeitar uma única vida: a própria, e se o faz, logo outros são respeitados, pois o que somos é o que damos.

A natureza do humano não falha em ser ele específico, pois a nenhuma outra espécie, cabe tantos adjetivos egocêntricos como na humana.

Aos humanos é inaceitável a ideia de ser inferior, por isto, os próprios classificam-se. E aos outros cabe aceitar, pois não falam ao modo "humanez".


O humano quando precisa se distinguir dos demais animais, usa o egocentrismo como base; e o chama de razão "algo mental" criado por si só.

A crença que se tem nas próprias certezas, leva o humano a se tornar o maior desumano entre todos os animais; somos loucuras, e não razão.

Á espécie humana, coube reconhecer o próprio egoísmo, no entanto a razão, que deveria ser útil: é só a classificação de não irracional.

Sermos capazes de entender nós mesmos, nos leva a conclusão básica do humano sistema, não somos sociáveis, mas se sabemos disso, podemos ser

O mundo é a confusão mental da ignorância coletiva humana, entender a si próprio é ser um alienígena, igualmente vivo, diferente de todos.

Aceitar as próprias imperfeições humanas, consiste em aceitar que os outros também serão imperfeitos; logo se aceita as verdades sem dores.

O ser humano em toda a sua concepção de mundo tem apenas um objetivo:alcançar o melhor de si mesmo, nesta busca muitos se perdem em si.

Não podemos viver isolados e jamais unidos, isolar é perder a capacidade que não se tem de unir-se sempre aos demais da própria espécie.

Humanos em compendio é a base de seus espelhos e isto se torna incontestável, por milhares de ano a certeza do EU, na grande paranoia humana.

Não se pode ensinar tudo, mas pode-se não ser covarde, a ponto de nunca aprender o óbvio e restringir-se nos concertos das próprias falhas.

Viver as angustia humanas alheias a própria resulta em observância da desconexão mental dos outros e de si mesmo, torna-se um crítico!

Não se deve basear em metáforas, pois o humano incapaz de viver o concreto a cada dia, nunca terá vivido a essência das próprias metáforas.

A vida não deve se basear em metáforas, pois o humano incapaz de viver o concreto, nunca terá vivido a essência das metáforas.

 A vida deixa de ser um grande vazio quando o mestre não ocupa-se em ensinar tudo que sabe, mas em aprender cada ensinamento que possa dar.

A imperfeição humana é condição para estar associados a própria espécie, visto que o nicho humano é sempre o mesmo com ou sem adaptações.

Olhar na direção exata das próprias falhas consiste em assumir a imperfeição profunda dos próprios atos, tornando-se um simples mortal.


O valor de todas as coisas que se move,m embasa-se aos olhos de outros tantos que mesmo imóveis relutam a lentidão do viver, sobreviver doi!

Virtude é palavra de desordem, posto que: ser virtuoso, requer especificidades e humanos são ecléticos no todo próprio, jamais específicos.

A aceitação do defeito próprio leva ao entendimento dos defeitos alheios, mesmo que a estes jamais demos créditos, somos capazes de vê-lo.

O inanimado mundo da inconsciência gera o deslocamento significativo nos padrões sociais diversos; bem como a proliferação do egocentrismo.

Se queremos entender um animal, provocamos-lhe: desde seus básicos instintos, até os mais apurados; humano é classificação de animal.

A ponderação do que é admirável aos próprios olhos, nos faz enxergar com clareza os instintitos mais primitivos; como os da reprodução.

O humano em essência é aquele ser um tanto louco; não pouco desequilibrado, assim muito visado, porem sábio; pois conhece seus reais limites.

A capacidade que temos de buscar as soluções não é a mesma que temos de encontrá-las, no entanto, sempre é possível optar entre duas saídas.

A capacidade humana de ser solidário, não se vincula a bondade, mas sim ao reflexo positivo ou negativo que se tem de si mesmo ao ver outrem

O auto comedir na aceitação das características (virtudes) humanas, alheias; é a porta da auto crítica do humano, um passo para si conhecer!

A ideia que se tem do ato alheio, não deve ser vista como metáforas, ou suposições de um egoístico pensar, na busca de falhas intrínsecas.

A dignidade que se tem ao se auto avaliar, sem a si acrescentar valores, nos faz capaz de olhar o outro da forma neutra, sem julgar jamais!

O humano busca no próximo encontrar a semelhança de si mesmo; e só podemos ver algo de bom no outro quando já temos em nós o que buscamos!

O ser humano não absorve apenas o que estuda, sendo este capaz de notar o mundo a sua volta, mesmo sem observa-lo com a astúcia da pesquisa.

A convivência pacífica não é submissão, e sim entendimento, da maior incapacidade de convivência do próximo; pois todos somos imperfeitos.

A vida é transformação daquilo que vemos, em tudo daquilo que somos, somente aquele que tem, pode o outro transformar aos teus próprios olhos.


Ao descobrimos a vida como um aprendizado, se torna fácil aceitar que somos humanos e por isto sempre devemos esperar as falhas desumanas.

Não somos capazes de mudar o mundo jamais, uma vez que o todo é feito de partes; mas sempre podemos refletir sobre nossa parte no todo.

O subconsciente humano não procura qualidades, pois a todos nós, a perfeição é apenas o espelho; quem disto tome consciência melhor convive.

A capacidade individual que temos de compreensão do nosso espaço é limitada, mas a razão é o que faz dos humanos a espécie racional.

Quando abro a janela de minhas observações, olho o mundo calada, na certeza de que nada é certo; e que as pessoas podem ser sempre melhores!

A qualidade daquilo que somos não é o produto do que acreditamos, mas sim fruto de tudo que já se viveu, tornar-se humano é viver isto.

Não procure fazer com que ninguém lhe entenda, mas não perderá quando buscar entender os outros, pois assim se posicionará verdadeiramente.

Quando somos capazes de reconhecer a necessidade de acerto do outro, entendemos nossas próprias falhas; somos humanos.

Se dentro de você não existir algo que te faça respeitar o outro, logo você não tem este Deus que todos dizem estar na igreja. Um abraço!

Quando assumimos nossa imperfeição, nós tornamos capazes de ver as verdades, e falar sobre elas, sem ser arrogante, apenas um observador.

Se não formos capazes de reconhecer que somos repletos de imperfeições, nós tornamos mais distantes ainda, do aceitável humano racional.

Se existir a perfeição humana, desventura-se a capacidade de ser da espécie; posto que somos reflexos de sentimentos insociáveis ao EU.

Ter a vida completa não consiste em ter tudo o que se deseja, mas sim entender o que é desejo perante tudo que não se tem.

O homem comprova ser "racional", quando entende que nada é espelho; e que: tudo é degrau e não barreiras!

Na sombra do que se vive, descortinar o sol daquilo que nunca se viveu!

Não adianta esconder a violência e o social insociável aos olhos das crianças, pois elas são as piores vítimas do sistema. Defendam-nas!

O homem é o maior criador de paisagens desumanas e desiguais!

Somente quando o homem é capazes de sonhar, ele se torna forte suficiente para realizar os seus próprios sonhos. Um abraço a todos aqui!

Somente quando o homem é capazes de sonhar, ele se torna forte suficiente para realizar os seus próprios sonhos. Um abraço a todos aqui!

A solidão não é algo ruim, ela é preciosa, pois somente a solidão nós mostra quem realmente somos.

Quem tem muito dinheiro, nem tudo tem, pois de tudo ele compra; quem têm tudo, não precisa comprar de tudo, metaforicamente falando.

Quando diferentes se acharem, lembrem-se, ainda assim somos iguais em todas as nossas diferenças.

A pessoa usa drogas por uma razão: esquecer-se de lembrar da própria desgraça que ela vive a se fazer!  

Aquele capaz de só criticar negativamente os pequenos, prova a todos que ainda não se tornou grande.

O mundo é uma grande confusão mental, pois todas as atitudes humanas são resultados de sentimentos,sejam lá quais forem. LUCIENE RROQUES.

Quando achamos saber tudo, descobrimos o que é ser arrogante. Melhor ter a certeza de que pouco se sabe.LUCIENE RROQUES

Se eu não puder falar o que penso, não tem problemas eu escrevo o que todos escondem; falar é anormal eu sei disso.LUCIENE RROQUES

A arrogância quando é construída desde a infância, transforma-se em prepotência quando grandes, ainda que, não crescemos. 

O pensamento humano modela o mundo, mas nunca as pessoas, pois cada ser vivo é único e indecifrável no seu total. LUCIENE RROQUES.

EU SÓ LAMENTO EM MIM O TEMPO, QUE RESTA EM MIM, POR INFELIZMENTE NADA SABER LAMENTAR .

 Quando estamos exaustos da vida, descobrimos que estamos começando a viver, esta é a verdade. LUCIENE RROQUES

 O modesto é aquele que não passa despercebido, mas  jamais é esquecido.

Enquanto eu assim puder imaginar e em mim querer, será um sonho; mas utopias são reais!

A verdade é algo apimentado, dói na alma, por isso as pessoas preferem mentiras, são elas bem menos ardidas, "suportáveis".

A sociedade precisa entender que; o homem é animal diferente entre si, mas sempre igual ao todo, sociável ao não.  

"Todo mundo é animal, racional; mesmo que sem nenhuma razão, seja um humano."

A sabedoria faz parte de uma grande loucura humano, não o ser louco mas o ser normalmente diferente,assim é entender o mundo!

A visão de mundo se faz não daquilo que somos, mas de tudo que procuramos entender profundamente.

Quando vemos o mundo como um todo, descobrimos que existem diferenças para todos,embora não esqueçamos jamais que somos iguais.

Ser voluntário não é problema, difícil e não saber como realmente o ser, homens são falhos, somos todos "humanos".

 O comportamento humano é tão animal quanto qualquer outro. Todos querem o seu espaço na sobrevivência social, sexual, cultural.

Somos inimigos do tempo, quando em nós repousamos a covardia: de negar-se a aprender.

Somos inimigos do tempo, quando em nós repousamos a covardia: de negar-se a aprender.

 O reflexo do que pensamos, está em tudo que a sociedade não se permite dizer; falar não é normal, socialmente falando.

O homem se torna inteligente quando descobre o real significado do silêncio

O Ser Humano é aquilo que não pode ser. Pois nunca somos retratos fieis de nós mesmos, somos falhos, somos sentimentos.

 O silêncio na simbologia sexual traz as maiores dificuldades comportamentais para se estudar a essência da atitude sexual.

"Falar de sexo não dói. Dói é se tornar vítima de atitudes sexuais impensadas, não analisadas, não estudadas; dilacerando a vida.

O mundo é uma grande confusão mental, pois todas as atitudes humanas são resultados de sentimentos,sejam lá quais forem.

Um absurdo tanta violência no mundo, as pessoas perderam a noção de humanidade. Abrir o jornal é um perigo, sai bala pra todo lado.

O maior problema do desemprego não é a falta de trabalho, mas o excesso de gente desocupada no pais inteiro. Lastimável!

O dono da sabedoria não é aquele que fala muito, mas sim aquele que observa tudo a sua volta, para assim; saber se posicionar no mundo.

O problema na educação É os EDUCADORES: aqueles lá dentro de casa, pai e mãe, que infelizmente são outros coitados trabalhadores sem tempo.

O mundo gira em torno do umbigo de cada pessoa. O egoísmo não é falta de caráter. Pessoas são assim. Quem diz que não é :QUER GARANTIR O CÉU

É injusto dizer que as pessoas não se preocupam umas com as outras, pois assim, se excluiria os que se preocupam apenas com a vida do outro

Quem tem medo de dizer o que pensa, ouve sempre o que não quer.

Adolescente que mata idoso por quatro reais! Parece tão normal o "is Logan", afinal quem liga para 4 reais? Assim está a humanidade nada humana.

O homem atual é aquele neurótico que fecha a porta e diz. Não tenho medo de nada!
Postar um comentário